fbpx

A durabilidade é um dos benefícios da construção sustentável

Este artigo não é sobre bons e maus. Todos os materiais têm as suas vantagens e desvantagens, o que importa é saber escolher quais são os melhores para nós. Na construção de um edifício, esta questão deve ser respondida seguindo o critério da sustentabilidade. Como podemos saber qual é o produto menos contaminante se tivermos em conta o seu ciclo de vida completo?

A certificação DAP e os benefícios da construção sustentável

O setor da construção está disposto e preparado para responder às exigências de sustentabilidade e resiliência de que o planeta necessita. As inovações tecnológicas e o desenvolvimento de novos produtos que tenham ocorrido nos últimos anos são a prova disso: queremos erigir edifícios que construam um mundo melhor.

Uma construção baseada em critérios ambientais deve levar em consideração o ciclo de vida dos produtos. O ciclo de vida dos materiais é importante. Muitíssimo importante. O impacto ambiental da construção não pode ser medido apenas quando um edifício é construído. Isso seria um engano. Este setor afeta o meio ambiente muito antes: desde que os materiais necessários começam a ser produzidos. Por último, deve-se levar em conta também o uso do edifício, fase em que ocorrerá o maior consumo de energia e manutenção.

Para garantir a sua sustentabilidade, foi desenvolvida a certificação DAP (declarações ambientais de produto), que permite realizar um estudo da quantidade de emissões de carbono que cada produto contribui para a obra, avaliando, assim, o ciclo de vida de todas as partes envolvidas no projeto.

Estas declarações ambientais proporcionam um perfil ambiental fiável, relevante, transparente, comparável e verificável que permite destacar um produto respeitador do meio ambiente, com base em informações do ciclo de vida de acordo com normas internacionais e dados ambientais quantificados.

Os benefícios da construção sustentável para o meio ambiente são notáveis, mas também para o fabricante ou para os construtores, pois permite às empresas comunicar o desempenho ambiental dos seus produtos e serviços.

Além disso, ter a certificação DAP abre portas para outros mercados por se tratar de uma declaração ambiental reconhecida internacionalmente. O que facilita às organizações a comercialização e exportação dos seus produtos.

Os benefícios da construção sustentável na manutenção de fachadas

Como é que um material obtém a certificação ambiental?  A DAP é um certificado de produto pelo qual o fabricante, através de um laboratório externo acreditado, analisa o processo de fabrico do seu produto desde o processo de seleção da matéria-prima até à sua instalação no edifício a que se destinará. Entre outras coisas, garantindo a sua durabilidade e uma manutenção mínima.fachada ventilada, por exemplo, tem se consolidado com grande aceitação entre arquitetos e construtores pela sua alta qualidade, pelas possibilidades estéticas que oferece e pelas suas vantagens indiscutíveis de isolamento térmico e acústico.

A durabilidade deste tipo de fachada será determinada pelo tipo de painel exterior selecionado e pela sua garantia, bem como pelo tipo de fixação que se fizer no perfil e suporte principal.

As fixações químicas entre painéis e perfis apresentam vantagens em termos de durabilidade que tornam estes sistemas soluções construtivas mais sustentáveis e de acordo com os padrões de sustentabilidade.

Outro tipo de produtos que podem exibir certificação DAP são alguns sistemas de fixação química. Uma boa selagem da fachada é essencial para garantir a sustentabilidade da construção. Evita a entrada de água, contaminação, pó e outros agentes externos no interior da fachada e do edifício, que causam imperfeições e prejudicam o isolamento se não for feito de forma profissional e com os melhores produtos.

sistema SATE (sistema de isolamento térmico exterior) da Quilosa é um excelente exemplo do que estamos a falar. Este sistema de fixação não só reduz o tempo de instalação e o consumo de materiais em obra, mas também minimiza o risco de condensações, é impermeável à água da chuva, mas ao mesmo tempo permeável ao vapor de água. Além disso, é um sistema que reduz a geração de resíduos na obra, contribuindo, assim, para a economia circular.  Tudo isto significa que minimiza as emissões de carbono ao longo do seu ciclo de vida e, portanto, possui a certificação DAP.

O setor da construção tem como foco a sustentabilidade e causar o menor impacto possível no meio ambiente. É necessário apostar em novas tecnologias e materiais eficientes e ecológicos para responder às exigências ambientais de que o planeta necessita.

 

Fonte: Agenda de Construção Sustentável

Notícias relacionadas