fbpx

Benefícios das fachadas ventiladas para a eficiência energética do edifício

Não podemos conceber um edifício sustentável sem o isolamento térmico adequado. Escolher a melhor opção é uma forma simples e eficiente de lutar contra as mudanças climáticas.  Ter um bom isolamento térmico melhora o equilíbrio térmico do edifício e contribui de forma decisiva para o conforto térmico dos residentes, o que significa uma redução considerável na utilização de aquecimento e ar condicionado, contribuindo, assim, para a eficiência energética do edifício.

Mas onde é realmente importante ter um bom isolamento térmico? Acima de tudo, nas zonas que, pela sua posição, estão em contacto direto com o frio e calor do exterior. Ou seja, em fachadas e telhados. Um isolamento adequado destes elementos pode reduzir o consumo energético de um bloco de habitações em 60%. Uma percentagem favorável tanto para o meio ambiente quanto para as finanças pessoais quando recebe a conta da luz e do gás.

O que são as fachadas ventiladas?

Um dos melhores sistemas de isolamento térmico para fachadas são as fachadas ventiladas. É uma estrutura que funciona como uma segunda pele do edifício e se caracteriza pela existência de uma câmara de ar ventilada situada no seu interior.

Esta câmara permite que o ar circule para cima, como se fosse uma chaminé. Ao aquecer pela radiação solar que incide diretamente sobre a fachada ventilada, cria-se uma corrente contínua de ar que permite a dissipação do calor.

Este elemento da construção consolidou-se com grande aceitação entre arquitetos e promotores, sobretudo pela elevada qualidade, pelas possibilidades estéticas que oferece e pelas suas vantagens indiscutíveis de isolamento térmico e acústico. Além disso, os últimos avanços construtivos em termos da fixação da lâmina externa deste sistema, permitem, em muitos casos, a utilização de fixações ocultas utilizando adesivos químicos, fazendo ainda mais, se possível,  com que a estética do edifício projetada não seja prejudicada

Infografia QUILOSA-Fachada Ventilada

Que os benefícios oferece a fachada ventilada para a eficiência energética do edifício?

Uma das principais vantagens da fachada ventilada é que o isolamento é contínuo, ou seja, o calor ou o frio não penetram em nenhum ponto, o que evita a formação de pontes térmicas. Além disso, protege a fachada contra as agressões climáticas como a chuva, a poluição ou o vento. Algo que também defende a construção dos choques térmicos. Ao funcionar como uma segunda pele da construção, evita que qualquer material se parta devido a alterações bruscas de temperatura.

Desde que haja ventilação adequada, os problemas de condensação e humidade são eliminados. Também protege contra ruídos. Este tipo de fachadas permite atenuar a onda sonora e garantir um isolamento acústico. Além disso, a utilização de fixações do painel externo ao perfil evita os ruídos típicos que poderiam ser causados ​​se fosse instalado com as fixações mecânicas comuns.

Sendo um elemento que se situa fora do edifício, a sua instalação não requer obras no interior do edifício e não diminui o espaço útil no interior das habitações.

Garantir o isolamento térmico da fachada é o primeiro passo para se conseguir uma construção sustentável e as fachadas ventiladas podem ser o melhor aliado para o conseguir.

Fontes: Arquitetura sustentável

Notícias relacionadas