fbpx

Como conseguir o isolamento térmico do telhado na instalação de painéis solares

A civilização maia adorava o sol e considerava-o uma divindade cósmica encarregada de dotar todo o universo de força, energia e poder. Não estavam longe da ideia que temos atualmente deste astro, pois não? Acima de tudo, em tempos em que as energias renováveis, e especialmente a energia solarestão a ganhar importância para travar o aquecimento global e construir um planeta mais sustentável.

No entanto, para obter o máximo respeito pelo meio ambiente quando instalamos painéis solares nos telhados de uma casa, devemos levar em conta que materiais usaremos para alcançar a eficiência máxima. Neste artigo, damos algumas boas ideias.

 

Energia solar e sustentabilidade

energia solar é a produzida pela luz – energia fotovoltaica ou o calor do sol – termossolar – para a geração de eletricidade ou a produção de calor. É uma fonte de energia inesgotável e renovável, ao contrário das fontes tradicionais de energia como os combustíveis fósseis, cujas reservas são finitas.

energia solar não emite gases de efeito estufa, portanto, não contribui para o aquecimento global. Na verdade, mostra-se como uma das tecnologias renováveis ​​mais eficientes na luta contra as mudanças climáticas. Além disso, este tipo de energia já é mais barato do que as fontes convencionais. Cada vez mais países apostam nas energias renováveis ​​como a solução mais sustentável e económica para mover o mundo.

Espanha é um exemplo claro disto. Os painéis solares e os sistemas fotovoltaicos estão em plena expansão no nosso país, principalmente devido à eliminação do imposto solar. No ano passado, instalou-se em Espanha um valor histórico record de 4752 megawatts (MW) de energia solar fotovoltaica. Mais do dobro que em 2008, segundo dados do Relatório Anual da União Fotovoltaica Espanhola (Unef). Destacamos também o crescimento do autoconsumo, que representou 551 MW dos 4752 MW instalados em 2019. Quase duplicou em comparação com 2018.

Isolamento térmico para telhados com painéis solares

Quem tem um telhado para aproveitar o sol pode ter um tesouro. Uma instalação de painéis solares gerará uma poupança de mais de 700 euros por ano na conta da luz de uma casa média em Espanha, de acordo com um estudo da Selectra.

Porém, quando se trata de instalar painéis solares no telhado da nossa casa temos um problema: garantir que o isolamento térmico do telhado não seja prejudicado e garantir a união perfeita entre o nosso telhado e o painel.

As fixações químicas podem ser o nosso maior aliado para evitar isto. A Quilosa oferece diferentes opções que respondem a todas as necessidades dependendo do tipo de suporte onde se vai realizar a instalação. São a escolha certa para realizar fixações, garantindo a máxima eficiência.

Outra opção é o selante PU-60, um adesivo elástico de poliuretano de alto módulo. Entre os seus pontos fortes, podemos contar com a sua grande resistência e alta capacidade para suportar esforços dinâmicos, choques ou vibrações.

Ambos os produtos garantem uma fixação sustentável e duradoura do painel solar no telhado, sem comprometer o isolamento térmico do telhado. A colocação de painéis solares ou fotovoltaicos no telhado de uma casa ou edifício pode colocar em risco a sustentabilidade da construção se não for feita corretamente.

Ter produtos que favoreçam a união correta do painel solar e do telhado, que garantam o seu correto funcionamento e que ainda melhorem a eficiência térmica no interior é essencial para se conseguir uma casa sustentável. Proteger os telhados com sistemas como a membrana impermeabilizante COOL-R é essencial para alcançar esses objetivos. Graças à elevada refletância deste produto, conseguimos reduzir a temperatura do telhado durante os meses de maior exposição solar, característica que melhora o desempenho dos painéis solares e fotovoltaicos. Não é uma coisa menor. O intervalo de temperatura ideal para muitos destes painéis é inferior a 32 °C e, no caso de exceder os 43 °C, o seu desempenho pode ser reduzido em até 50%.

Inovações no isolamento térmico de telhados com painéis solares 

A utilização de sistemas adesivos químicos em vez de mecânicos é uma das tendências que estão a ganhar força no setor da construção. Não só pelos avanços em investigação, que têm conseguido tornar a composição destes produtos mais sustentável, mas também porque estão a demonstrar ser a opção mais eficiente para garantir a durabilidade e o isolamento da construção.

A Quilosa destaca-se no desenvolvimento destes produtos. Para um futuro próximo, estão a criar um adesivo que permita unir o painel solar ao perfil de alumínio que o acompanha sempre na instalação. Uma fixação que costuma ser feita mecanicamente mas que a Quilosa confia poder realizar quimicamente para que a instalação do painel solar seja o mais eficiente possível, desenvolvendo um produto que, além de garantir a máxima fixação, também consegue suportar os raios UV, as altas temperaturas ou os fenómenos meteorológicos como a chuva.

Como conclusão, por trás da energia solar, existem inúmeras vantagens, tanto económicas como sustentáveis. A Quilosa oferece soluções completas para que a energia solar seja ambientalmente responsável mesmo na instalação dos painéis solares. Criar um planeta mais sustentável é responsabilidade de todos e a Quilosa oferece-nos as ferramentas necessárias para isso.

Fontes: ABC, La Vanguardia

Notícias relacionadas