Comseguir um isolamento térmico e acústico em todos os níveis

Imaginemos que estamos no meio do inverno. Lá fora, na rua, sopra um vento forte acompanhado de chuvas torrenciais e está tanto frio que, de um momento para o outro, até pode nevar.

Entretanto, uma família chega a casa, uma casa equipada com janelas e portas de uma qualidade  excecional que não permitirão que o inverno chegue ao interior nem perca aquele clima tão agradável que mantém o seu aquecimento.

Mas que grande surpresa! Ao entrarem, verificam que está um frio de rachar, que a humidade tomou conta das divisões da casa e que todos os ruídos da tempestade de neve se ouvem na sua casa. Como é que é possível? A explicação é muito simples: devido a uma má instalação de janelas, portas ou telhados.

Aquando da construção de um edifício, é importante utilizar materiais eficientes para obter um bom isolamento térmico e acústico na construção, especialmente em paredes, telhados e janelas. É a única forma de evitar perdas de energia e de conseguir manter a temperatura desejada no interior das divisões. Uma garantia para cuidar do meio ambiente e dos próprios residentes, do seu conforto e das suas finanças pessoais.

IDAE, Instituto para la Diversificación y Ahorro de la Energía (Instituto para a Diversificação e Poupança de Energia), estima que mais de metade das casas em Espanha não tem nenhum isolamento térmico. Um isolamento térmico correto das janelas pode ajudar a poupar um valor significativo de até 25% na fatura da eletricidade.

espuma de poliuretano profissional PRO ENERGY de expansão controlada da Quilosa é especialmente desenvolvida para a instalação de janelas e portas. Entre os seus pontos fortes, destaca-se a poupança energética: elimina as pontes térmicas de forma eficiente e permanente, reduzindo a perda de energia em 60%. Além disso, também garante o isolamento térmico da construção.

Garantir o isolamento térmico e acústico interno com uma instalação correta

Para conseguir um isolamento térmico e acústico no interior eficaz, teremos em conta todo o processo de instalação: a preparação da superfície, a preparação do produto e a aplicação do mesmo.

Conseguir um isolamento térmico e acústico eficaz: preparação da superfície

Não existe tipo de superfície que lhe resista. A espuma adere a tijolo, betão, gesso, madeira, metais, espuma de poliestireno, PVC rígido e tubos rígidos de poliuretano.

Mas, seja qual for o material, a primeira coisa é garantir que a superfície de trabalho está limpa e desengordurada. Também é importante, nesta primeira etapa, proteger o resto dos elementos para que não fiquem danificados pela espuma. Por exemplo, convém sempre cobrir o chão, caso alguma espuma caia sobre ele durante a instalação.

Preparação do produto

Em primeiro lugar, não se esqueça de usar luvas de proteção. Depois de termos garantido a segurança das nossas mãos, agita-se vigorosamente a lata (com a válvula virada para baixo) para misturar bem os componentes e enrosca-se o aplicador na lata.

Aplicação do produto

A posição de trabalho da lata é com a “válvula virada para baixo”. Para encher os espaços vazios verticais com espuma, deve ser feito de baixo para cima. É importante notar que não se deve encher o espaço vazio por completo, pois a espuma aumentará de volume.

Se a aplicação for interrompida durante mais de cinco minutos, o utilizador terá de limpar o bico do aplicador que tiver espuma nova com um produto de limpeza de espuma de poliuretano e agitar a lata antes de usar.

Imediatamente após o endurecimento total da espuma, deve-se proteger contra a exposição aos raios UV usando, por exemplo, gesso ou tinta.

Conseguir um isolamento térmico e acústico correto na construção não é tarefa fácil

É necessário garantir que tanto os materiais como os produtos utilizados são a melhor opção para atingir o nosso objetivo. Além de assegurar, em cada fase do processo de instalação, que se está a atuar com vista a obter os melhores resultados em todos os níveis.

Seguindo estes passos, conseguiremos. O isolamento térmico e acústico dos elementos que tivermos instalado será eficaz e conseguirá evitar também as perdas de energia como os ruídos do exterior.

Notícias relacionadas